17 agosto 2010

Desapareçam

Eu vos escarro.
Gente reles. Ovelhas sem pastor.
Parasitas da sociedade. Remetam-se à vossa insignificância.